Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Mudar de rotinas em 2017…. ciclo “Acorda à Tarde”

Em 2017 mudem as rotinas dos domingos à tarde. Deixem a televisão, o sofá e as mantas e venham aos concertos do ciclo Acorda à Tarde, de 15 em 15 dias, no Laboratório das Artes Teatro da Vista Alegre. É este o convite do Centro Cultural de Ílhavo – 23 Milhas….

15823426_1524590287555606_1685561934932823649_n

Levantar do sofá até pode custar um bocadinho (mas não é impossível!), já o bilhete para este ciclo de concertos custa muito pouco. 20 euros para 4 concertos. Aceitem este desafio! Até porque depois do concerto têm a oportunidade de conversar e fazer todas as perguntas que quiserem aos músicos, com a já habitual chávena de chá e biscoitos.

Alexander Stewart + Isabella Lundgren… juntos na Casa da Música

Alexander Stewart já conquistou o público português com concertos que contam sempre com uma enorme energia e simpatia. Neste regresso a Portugal, apresenta o seu novo disco “I ThoughtAbout You”.

13062519_1767514193482529_6680073094264158091_n

Natural de Manchester e considerado um dos vocalistas mais talentosos da nova geração, apresenta arranjos inteligentes sobre alguns dos mais conhecidos standards do jazz, deixa a sua marca em grandes interpretações de clássicos da pop e acrescenta alguns originais. A jovem sueca Isabella Lundgren, uma voz promissora do jazz, regressa a Portugal após o enorme sucesso da sua participação no Concerto de Primavera Smooth FM, onde encantou o público com o seu carisma e voz poderosa..

 

Casa da Música (Porto)

28 de Janeiro 2017 | 21.30h

God Save The Queen!.....

Do Renascimento aos nossos dias, de John Dunstable e John Dowland a Harrison Birtwistle, a Abertura Oficial do País Tema percorre várias épocas da história da música britânica em grandes concertos dos agrupamentos residentes da Casa da Música. O Coro recua precisamente a uma obra emblemática de John Dowland, escrita originalmente em versão instrumental mas transformada por Paul Hillier em música vocal com textos de grandes escritores de língua inglesa.

god

 A suite The Planets de Gustav Holst é também um marco da história musical britânica, com um brilhante número central que deu origem a vários hinos patrióticos. Com uma paragem no século XVIII para se entoar um outro hino patriótico, Rule, Britannia!, com a ajuda de um coro comunitário, a Orquestra Sinfónica e o Remix partem então à descoberta da música do nosso tempo com a obra do Compositor em Residência 2017, uma enorme referência da música britânica contemporânea que será objecto de uma retrospectiva ao longo do ano: Sir Harrison Birtwistle.

A nova música faz-se ouvir ainda com estreias nacionais resultantes de encomendas da Casa da Música em conjunto com outras instituições. É o Remix Ensemble que assume a missão de revelar estas novas partituras de Julian Anderson e Rebecca Saunders, neste último caso com a participação da destacada soprano inglesa Juliet Fraser. Benjamin Britten foi uma figura central da cultura britânica, não só como compositor mas também procurando levar a música aos mais jovens.

O Serviço Educativo recupera este desígnio com o espectáculo To Be or Not to Britten. A primeira narrativa do ano inclui ainda quatro dias de Casa Aberta, com um conjunto de eventos de entrada livre em que se destaca um showcase que traz ao Café as criações de quatro jovens compositores britânicos e uma conferência que analisa o impacto do Brexit na vida musical britânica.

 

Casa da Música (Porto)

19 a 22 de Janeiro 2017