Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

As paredes não têm ouvidos... EDP Live Bands 2017

 

A boa música é para ser ouvida...

Se achas que está na altura de sair da garagem e deixar de tocar para as paredes, o EDP LIVE BANDS está de volta para te ajudar a dar o salto para o palco dos maiores festivais de música.

fbshare-pt

A este concurso podem candidatar-se todas as bandas amadoras e nacionais, de todas as áreas e géneros musicais, que não tenham atualmente um contrato discográfico. Para vencer, têm de provar ao Júri do EDP Live Bands que têm o talento e a garra necessários para tocar no NOS Alive, em Portugal, e no Mad Cool Festival, em Madrid, Espanha. Além de poder atuar nestes dois festivais, a banda vencedora gravará com a Sony Music um álbum de originais. Todas as bandas apuradas para a final participam num workshop com reputados especialistas da indústria musical. Uma oportunidade única para partilharem experiências e conselhos sobre como fazer carreira no competitivo mundo artístico.

 

Este concurso nasceu em Portugal em 2014, com os Caelum’s Edge a vencerem a edição de estreia do EDP Live Bands. Na 2ª edição, o prémio foi para os Cavaliers of Fun, tendo sido atribuída uma menção honrosa ao músico Daniel Kemish e ainda uma participação especial no NOS Alive’15. Já em 2016, foi a vez dos Them Flying Monkeys provarem o seu talento e lançar o seu 1º álbum de originais com a Sony Music.

 

Em três edições, o EDP Live Bands Portugal contabiliza já mais de 950 bandas participantes. Em 2016, o concurso chegou pela primeira vez ao Brasil, com enorme sucesso. Através deste concurso e do apoio a variados eventos de música, a EDP continua a posicionar-se como a energia oficial da música, dentro e fora de Portugal.

 

Bandas inscritas até à data:

Akoustic Junkies

Alex Page

Allamedah

Allma

Alves Baby

Amor Terror

Basorexia Army

Cabaça Turquesa

Chão

Chizzler

Dalla Marta

Dead Dagger

Diogo Guima

DMK - D'Moura & Kastiço

Double Mars

Du Art

Electric Cotton Field

Eu Fúria

God Hates a Coward

Hard n’Fast

Haste Publika

Inês

Lights One

Lineless

Lions like Zebra

Lucky Who

Malvados

Maria sem Pecado

Namari

Nave-Mãe

No Relation

O Mago

Os Boca do Povo

Parallel Universe

Pobres Mortais

Riders on Chase

She is a Girl

She's Gonna Blow

Somma

Tetanus for Breakfast

The Black Teddys

The Dowsers Society

The Oafs

Tiago Silvestre

Tombo

Yellow Low

Casa Ardente com Camisa e Madrepaz a 25 de fevereiro

O Casa Ardente esta de regresso a 25 de Fevereiro à Casa Independente em Lisboa para mais uma noite de concertos e não só… Os Camisa e os Madrepaz são os convidados musicais. Vai ainda acontecer a Inauguração da Exposição de Beatriz Bagulho

Casa Ardente 25 Fevereiro

Os Camisa vão ter, a figurar como segunda voz, a artista em exposição - Beatriz Bagulho (que colaborou no álbum de estreia do projecto e desenhou a capa do mesmo). Os Madrepaz tornarão a pisar os palcos já com temas novos preparados e novo álbum à vista.

A fechar a noite, os DJs Derside e Whitesoul, tendo já dado cartas nas mais diversas festas do Norte de Portugal, apresentam-se agora em formato duplo (b2b), bem no coração lisboeta.

 

A produção da Casa Ardente esta mais uma vez a cargo das Produções Incêndio, jovem produtora lisboeta que se dedica à realização e promoção de eventos inovadores e culturalmente diversificados. Em pouco mais de um ano de existência, foram organizados inúmeros eventos que tocaram várias vertentes artísticas - música, cinema, dança, poesia, teatro, pintura, performance, video art...

 

Casa Independente (Lisboa)

25 de Fevereiro 2017 | 22.00h

Forró Miór no Sons do Bussaco

Forró Miór é considerada pelo Le Monde como uma das mais inspiradas bandas do género e é o próximo convidado do Sons do Bussaco nu Luso, no próximo dia 25 de Fevereiro.

sons do bussaco

Embora o projecto nasça da admiração e amor pelas imortais composições do grande Luis Gonzaga, o quarteto italo-argentino-brasileiro apresenta interpretações e músicas originais que misturam a tradição do nordeste brasileiro com ritmos de outras latitudes latinas como a milonga, rumba ou candombe. O resultado é um espectáculo explosivo com tons de latin jazz e world music, fazendo com que todos se movam e dancem, mesmo não sendo dançarinos de forró.

 

O quarteto é composto por Nicolas Farruggia na guitarra e voz, Alberto Becucci no acordeão, Timóteo Grignani na zabumba (instrumento musical de percussão, que se assemelha a um tambor de tamanho médio ou grande) e Niccolò Pacini no triângulo.

 

Próximos concertos

4 março 2017 - O Gajo

8 abril 2017 - Time For T (solo)

20 maio 2017 - On The Road com Tó Trips e Tiago Gomes

Música Unida e Japestudios associam-se à 2ª edição do FestFado 2017

A convite da fadista Dora Maria, responsável do FESTFADO, a Música Unida associa-se a este grande festival patrocinando a distribuição, edição digital e respectiva promoção dos trabalhos discográficos dos vencedores do Concurso de Fado integrado na 2ª edição do FESTFADO 2017 no Ribatejo e no Alto Alentejo cuja gravação decorrerá nos Japestudios.

FESTFADO é um festival de Fado criado, organizado e programado pela fadista Dora Maria que integra um concurso composto por diversas eliminatórias. O objetivo do FestFado é promover o fado, divulgando e incentivando novos fadistas, apadrinhados pela actuação de autores e interpretes consagrados.

16344104_10208585473381960_179993532_n

Da planície alentejana à lezíria ribatejana, a 2ª edição do FESTFADO 2017 envolve os municípios de Ponte de Sor, Benavente e Samora Correia, na produção do FESTFADO Alentejo e do FESTFADO Ribatejo, respectivamente. Para além da fadista anfitriã Dora Maria, acompanhada pelos músicos Pedro Amendoeira, na guitarra portuguesa, Pedro Pinhal, na viola, e Fernando Maia, na viola baixo, o FESTFADO apresenta os fadistas designados nas seguintes datas:

 

FestFado Alentejo - Cine-Teatro de Ponte Sor

17 de Fevereiro 2017 - Teresa Tapadas

17 de Março 2017 - Rodrigo Costa Felix

21 de Abril 2017 - Ana Sofia Varela

19 de Maio 2017 - Mafalda Arnauth

16 de Junho 2017 - João Chora

21 de Julho 2017 - Lenita Gentil

 

FestFado Ribatejo - Centro Cultural de Samora Correia

10 de Março 2017 - José da Câmara

17 de Junho 2017 - Teresa Tapadas

 

FestFado Ribatejo - Cine-Teatro de Benavente

7 de Abril 2017 - Maria Armanda

13 de Maio 2017 - Ana Lains

7 de Julho - António Pinto Basto

 

Dora Maria, alentejana de berço e fadista de coração, fundou o primeiro Festival de Fado da região do Alto Alentejo no ano passado, em Ponte de Sôr, distrito de Portalegre, FestFado Alto Alentejo 2016, que contou com as actuações de Maria Armanda, Joana Amendoeira, Custódio Castelo, entre outros nomes consagrados do Fado.