Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Exposição “Sérgio Godinho - Escritor de Canções”

A 30 de Abril acontece a inauguração da exposição “Sérgio Godinho – Escritor de Canções” promovida C.M de Grândola e que estará patente nos Antigos Paços dos Concelho até 29 de Outubro.

Captura_de_ecra_2017_04_20_a_s_11_17_05.png

Uma ideia da Divisão de Cultura e Desenvolvimento Social local e que mobilizou em seu torno nomes como Anabela Mota Ribeiro, Jorge Palma, Nuno Galopim, Capicua, Nuno Artur Silva, Viriato Teles ou João Carlos Callixto que contribuíram para a brochura de 120 que será publicada e que incluirá, para além de notas biográficas, texto originais e imagens inéditas. Para assinalar a abertura, será ainda promovido um espectáculo musical com artistas locais com o título “O Elixir da Eterna Juventude – Canções de Sérgio Godinho revisitadas por artista de cá”. Uma forma dinâmica de homenagear o “escritor de canções”.

Emergências… Moda Americana + Madrepaz

Os Moda Americana são uma banda de rock alternativo de Lisboa com uma sonoridade psicadélica moderna e expansiva. A lírica de Nuno Fernandes explora o quotidiano de forma fantasiosa e alegórica. A interação entre personagens surreais inspiradas no íntimo contacto com a natureza e o imaginário geográfico demarcado no seu single de lançamento, “Singapura”, resultam numa viagem descomprometida pelo som da banda.

Imagem Singapura.jpgOriundos de diversas esferas musicais, Afonso, Guilherme, Vítor (membros de Alice) e Hugo (Them Flying Monkeys) juntam-se a Nuno Fernandes para criar Moda Americana. No final de 2016, quando apareceram, mostraram o seu potencial tendo chegado à final do Vodafone Mexefest Band-Scouting na estação de metro da Alameda, mas não vão ficar por aqui.

Os dois primeiros singles (“Singapura” e “Indo Eu”) do disco “Singapura”, editado a 24 de Março, foi apresentado no Musicbox.

 

Casa da Cultura (Setúbal)

29 de Abril 2017 | 22.00h

MUVI Porto - Festival Internacional de Música no Cinema…

Muvi - Festival Internacional de Música no Cinema acontece no Porto entre os dias 27 e 29 de abril no Passos Manuel.

0fe2d18c-b200-43ac-a34e-7bd4e5b2cf4f.jpg

A programação do festival já é conhecida:

 

27 de Abril das 21:30 à 00:10

- "A Gravame", 2016, de Peter Rippl (Menção honrosa da Crítica - Odisseias Musicais Palco Internacional, 72 min)

- “Melody of Noise”, 2015, de Gitta Gsell (Prémio da Crítica - Odisseias Musicais Palco Internacional, 86 min)

 

28 de Abril das 21:30 às 23:50

- "Dolomitenfront", 2016, de Sara Maino (Prémio da Crítica - Sonetos Cantados Palco Internacional, 43 min)

- "Hired Gun", 2016, de Fran Strine (Odisseias Musicais Palco Internacional, 98 min)

 

29 de Abril das 21:30 à 00:20

- "I Shot Bi Kidude", 2015, de Andy Jones (Odisseias Musicais Palco Internacional, 75 min)

- “Filhos de Bach”, 2015, de Ansgar Ahlers (Prémio do Júri - Odisseias Musicais Palco Internacional, 91 min)

Walk&Talk convoca agentes da cultura e artes para reflexão na Periférica

Periférica - Brainstorming Culture and Geographies, designa o seminário que a Associação Anda&Fala promove pelo segundo ano na antecipação do Walk&Talk - Festival de Artes dos Açores..  O encontro realiza-se nos dias 26 e 27 de abril em dois locais da cidade de Ponta Delgada - na Biblioteca da Escola Secundária Antero de Quental e no pólo da Universidade dos Açores, onde vai reunir onze oradores, programadores, peritos e investigadores, portugueses e estrangeiros, para uma reflexão e debate motivados pelo tema “Programação Cultural: âmbito, escala e relevância”.

W&T2016_Francesco Zorzi_Foto Rui Soares.jpg

photo: Rui Soares

 

O seminário Periférica enquadra-se no Programa de Conhecimento do Walk&Talk e antecede a realização do festival anual de artes com o convite a vários peritos para que a partir dos Açores, em benefício da desejada georreferenciação e crescente dinâmica cultural do arquipélago, contribuam para incrementar a reflexão e a produção de conhecimento em torno de temas considerados centrais na abordagem à criação e programação artística contemporânea.

 

Em 2017 o seminário conta com um painel internacional de onze oradores, oriundos ou porta-voz de projetos sediados em cinco países, para propiciar uma abordagem compreensiva e plural sobre o tema da programação cultural e artística contemporânea, desde o processo de criação à apresentação dos trabalhos. O seminário é de participação livre e oferece ao público a oportunidade de contactar e conhecer múltiplas escalas e perspectivas da realidade atual, abarcando exemplos de espaços institucionais como museus e teatros, espaços e projectos independentes como associações e festivais, programas de âmbito político e territorial como os de câmaras municipais e regiões de turismo, estruturas de dimensão internacional e representação europeia, com destaque para as participações de Inge Ceustermans do European Festival Association e de Renata Catambas da Manifesta - Bienal Europeia de Arte Contemporânea.