Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

The Killers… Novo álbum “Wonderful Wonderful” já disponivel

Acaba de chegar às lojas o muito aguardado novo álbum dos The Killers, “Wonderful Wonderful”. O quinto álbum de estúdio da banda, e o primeiro em cinco anos, foi produzido por Jacknife Lee e gravado no estúdio da banda, Battle Born, em Las Vegas, e no estúdio de Jacknife em Los Angeles. O capa é da autoria do fotógrafo e realizador Anton Corbijn.

The-Killers-Wonderful-Wonderful

Wonderful Wonderful” foi apresentado pelo single “Run For Cover”, um verdadeiro clássico da escrita dos Killers, e já está disponível em todas as plataformas e serviços digitais.

Depois do lançamento do single “The Man”, os The Killers deram um concerto-surpresa no Festival de Glastonbury, em junho, e esgotaram o concerto British Summer Time, no Hyde Park, em Londres, em tempo recorde, além de terem conquistado o público dos festivais europeus com muitos sucessos que marcaram os últimos anos. A banda vai ainda andar em digressão pelos EUA e Canadá no início de 2018, altura em que vão passar pelo icónico Madison Square Garden, em Nova Iorque. “Wonderful Wonderful” é o álbum mais desafiante a nível sonoro da banda, repleto de grandes refrões e hinos que conquistam estádios e que fazem dos The Killers uma das maiores e mais amadas bandas de rock da atualidade.

II Festival da Cerveja Artesanal com Lúpulo Feirense

É no Mercado Municipal de Santa Maria da Feira (obra do arquiteto Fernando Távora, considerada uma referência na arquitetura tradicional portuguesa e classificada como monumento de interesse público) que terá lugar o II Festival da Cerveja Artesanal com Lúpulo Feirense, nos dias 20, 21 e 22 de outubro.

Cartaz_Festival da Cerveja Artesanal

O certame promete surpreender com a apresentação de sete cervejas artesanais exclusivas, de edição limitada, produzidas com lúpulo fresco – planta essencial para o fabrico da cerveja e conservante natural – cultivado nas margens do rio Cáster. Além das sete cervejas artesanais produzidas especificamente para este festival, estarão presentes as marcas já comercializadas pelos sete cervejeiros convidados, que abastecerão o Mercado Municipal com sete mil litros de cerveja artesanal. Mas há muito mais para degustar e desfrutar ao longo dos três dias do festival. À cerveja artesanal vão juntar-se provas comentadas, gastronomia regional com menus especialmente concebidos para a promoção do evento, workshops, esculturas de Paulo Neves, artesanato urbano, motas clássicas e café racers, concertos e DJ Sets, num diversificado programa de três dias, aberto a diferentes públicos.

 

A restauração local foi desafiada a participar no evento, apresentando menus associados à cerveja artesanal, confecionados com produtos identitários do território. A tradicional Fogaça da Feira é uma das presenças garantidas no certame, com propostas da pastelaria Renascer, a par de outros petiscos e iguarias que os restaurantes aderentes – Adega Monhé e Massa9va – vão propor aos visitantes como acompanhamento da cerveja artesanal.

 

O Festival da Cerveja Artesanal com Lúpulo Feirense é uma parceria da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e da empresa local Lúpulo Feirense, que desafiou sete conhecidas marcas de cerveja artesanal a criarem edições especiais à base de lúpulo produzido nas margens do rio Cáster. O acesso ao Mercado Municipal é gratuito, assim como todo o programa de animação.

“Verão Danado”… de Pedro Cabeleira no Festival do Rio de Janeiro

Verão Danado”, filmde de Pedro Cabeleira, foi seleccionado para o Festival do Rio, que acontece de 5 a 15 de Outubro. Integrado na secção Expectativa, “Verão Danado” é um dos 250 filmes, de mais de 60 países, distribuídos por 15 secções, que são apresentados no Rio de Janeiro.

verão

A estreia no Brasil, realiza-se depois de Pedro Cabeleira, de 25 anos, ter tido a estreia mundial desta sua primeira longa-metragem no Festival de Locarno, onde recebeu uma menção honrosa na competição dedicada a jovens realizadores.

 

Com realização e argumento de Pedro Cabeleira, direcção de fotografia da também realizadora Leonor Teles, produção de Pedro Cabeleira, Marta Ribeiro (dois dos cinco fundadores da VIDEOLOTION) e Abel Ribeiro Chaves (OPTEC), o filme – um híbrido entre o documental, o stoner e o psicadélico - apresenta-nos Chico e as suas tardes de ócio infinito, drogas, desamores imersos nas vibrações da música. Um ímpeto de adrenalina e Lisboa como pano de fundo de uma juventude à deriva, ao ritmo do descarrilamento do protagonista.

A estreia nacional de “Verão Danado”, cuja distribuição é da responsabilidade de Filmin Portugal, está prevista para dia 30 de Novembro.


Estreia nacional de Verão Danado, de Pedro Cabeleira: dia 30 de Novembro

 

O Verão de Chico começa na terra, ao pé dos avós, debaixo dos limoeiros, no escape da atmosfera da infância. Mas o seu lugar agora é na capital, onde terminou o curso e para onde parte à procura de emprego. Pertence a uma geração sem expectativas, à qual a idade adulta começa às portas do nada. São as noites lisboetas, com os seus amores e desamores, que o amparam com um hedonismo psicadélico, onde a angústia em combustão forma euforia. Um fresco de uma geração sem objectivo