Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Ciclo "Jazz +351" na Culturgest…. Desidério Lázaro

Em discos como “Rotina Impermanente”, “Samsara” e “Cérebro Estado Zero”, bem como nos concertos que foi dando de Norte a Sul, Desidério Lázaro impôs-se como um dos mais cativantes saxofonistas em terras portuguesas. Senhor de um som de saxofone possante, cheio e redondo, na melhor tradição do tenor, tem sido capaz de igualar em inventividade e criatividade um invulgar domínio das técnicas do seu instrumento. Com o seu mais recente álbum, “Subtractive Colors”, completou os seus dotes como instrumentista com uma superior qualidade na composição, servida por uma multiplicidade de recursos, com diferentes ambientes e possibilidades de enredo. Jovem ainda, tornou-se num dos mais importantes músicos de jazz em atividade no País.

desideriolazaro@2x.pngA formação que o acompanha é pouco usual, com três sopros, dois contrabaixos e uma bateria, associando uma visão contemporânea do jazz com influências que vão da música clássica contemporânea ao funk, à soul, ao hip-hop, ao rock e à pop, numa simbiose de estilos sempre com a sua marca de água, plena de ideias e personalidade. E se as composições são refinadas, as improvisações dos elementos do ensemble seguem a mesma exigência quando os temas dão lugar aos solos: a música levanta voo. “Subtractive Colors”, o novo projeto de Desidério Lázaro, é uma das melhores coisas que aconteceram ao jazz nacional na última década.

 

Saxofone tenor e soprano: Desidério Lázaro

Saxofone tenor e alto, flauta: João Capinha

Clarinete soprano e baixo: Paulo Gaspar

Contrabaixo: Mário Franco

Contrabaixo e baixo elétrico: João Hasselberg

Bateria: Luís Candeias

 

Culturgest – Pequeno Auditório (Lisboa)

8 Janeiro 2016 | 21.30h