Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Discos Portugueses do ano… “Nociceptor” dos Thunder & Co.

Os Thunder & Co são uma banda de música de dança a atirar para o emocional cujo som é caracterizado pelas batidas balançantes envoltas em acordes tristonhos e ambientes tensos. Pelo menos é o que tem saído da fábrica de trovões em Lisboa, propriedade de Rodrigo Gomes e Sebastião Teixeira. Estes dois amigos casam os gostos, discutem, negoceiam e, juntamente com o seu fiel produtor, Duarte Ornelas, chegam ao som dos Thunder & Co.

nociceptor.jpgA banda estreou-se em Março de 2014 com um EP homónimo e com o single “O.N.O.” que teve grande aceitação nas rádios e suscitou o interesse da editora NOS Discos. Os convites para actuarem ao vivo começaram a surgir e a estreia em palco aconteceu na primeira edição do festival de música electrónica Lisb_On. Até ao final do ano, e depois de gravarem "Do it", um single feito em colaboração com o produtor português Ka§par, os Thunder & Co. actuaram no Musicbox, na 1ª parte de Taylor McFerrin e no NOS Club (Casa da Música). Entre actuações, estiveram concentrados em gravar este o primeiro disco.

Nociceptor” é o nome do álbum de estreia deste grupo “disco-lamechas” e tem 10 músicas (incluindo “Apples”, single de avanço para este disco, e “O.N.O.”, single que até aqui só tinha sido editado digitalmente). Para ajudar a contextualizar a sonoridade deste longa duração, é preciso dar atenção ao nome do mesmo. Os nociceptores são os receptores sensoriais do corpo que nos dão a percepção da dor. Estas canções são doridas e carregadas de insegurança.

Misturado e masterizado por Pedro Chamorra (Voxels), “Nociceptor” conta também com a bateria de Ivo Costa (Batida, Sara Tavares, etc.)

 

Edição: NOS Discos / Março 2015 (disponivel aqui)