Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Discos: Youthless estreiam a nível internacional novo single e videoclip "Golden Spoon"

O lançamento do primeiro single “Golden Spoon” marca o regresso dos Youthless que anunciam agora o lançamento do seu próximo disco “This Glorious no Age”. O novo álbum vai ser editado no início de 2016, em Portugal pela NOS Discos e em Inglaterra pela Club.The.Mammoth/ Kartel Music Group.

_MG_9790.JPGA história dos Youthless, formados pelo londrino Sebastiano Ferranti (baixo e vozes) e pelo nova iorquino Alex Klimovitsky (bateria, sintetizador e vozes), com ambos a viver, surfar e compôr em Portugal, tem tanto de surpreendente como de inspirador.

 

De forma a perceber melhor o percurso da banda, em 2011 os Youthless gravaram em Londres “Telemachy” com produção de Rory Attwell (Palma Violets, The Vaccines, Big Deal), abriram para bandas como The Horrors, Crystal Castles e John Maus, viram as suas músicas serem remisturadas por Olugbenga (Metronomy), foram elogiados pela BBC1, NME, Drowned in Sound, ou pelo Irish Times e atraíram o amor de artistas como os Metronomy, Tiga e D/R/U/G/S. Quando estavam prestes a ir para o Festival Eurosonic, Alex sofreu uma grave lesão nas costas que acabou por resultar numa cirurgia e em vários anos de reabilitação.

 

Dum momento para o outro, Youthless ficou em suspenso. Tanto Alex como Sebastiano abraçaram outros projectos de música, cinema e teatro experimental nos anos seguintes, apesar de Youthless nunca ter desaparecido dos seus planos, o projecto permanecia num hiato. Ou pelo menos permanecia até ao verão passado, quando o duo voltou ao activo revigorado e inspirado com um novo conceito para o seu primeiro longa duração, um conceito que transmitia na perfeição as suas ambições musicais, as suas observações da sociedade e as suas próprias experiências pessoais.

 

Como valeu a pena esta espera… “Golden Spoon”, a primeira música retirada do próximo disco, é segundo as palavras de Alex, vocalista e baterista, “uma canção de contentamento apocalíptico, sobre o sentimento de alegria e excitação de viver num mundo insano em decadência acelerada, no qual estamos a industrializar o belicismo e a militarizar a indústria. Fala sobre apreciar sem medos uma viagem de montanha-russa, o descer a pique e o voltar a subir. Um adeus a uma Era no seu ocaso, a estruturas quebradas e velhas ferramentas, e a mapas que já se esgotaram na estrada”. Este regresso é marcado por uma sonoridade tão épica quanto caótica e barulhenta, mas também preenchida de nuances e melodias assombrosas que explodem, luminosas, nos refrões.

Deixar o velho mundo em direcção a algo novo e desconhecido, é algo que está presente ao longo do novo disco, tanto no sentido musical e no caminho para onde a nova geração se dirige, mas também no sentido pessoal de transição e avanço para um futuro incógnito.

Goldenspoon_300x300.jpg“Golden Spoon” encontra-se disponível para download gratuito no site da NOS Discos