Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Exposição “BD Facebook - a culpa é do like” na Amadora

A exposição BD Facebook - a culpa é do like, organizada pela Câmara Municipal da Amadora, em parceria com a ACASO - Associação Cultural e Artística de uma Sociedade Original - realiza-se de 26 de novembro a 31 de março, na Bedeteca da Amadora e reflete o uso da internet, em particular do Facebook como berço da publicação de banda desenhada. Baseada no trabalho de quatro autores cujas obras publicadas recentemente partem deste universo, a exposição mostra-nos a obra de Sara-a-dias, A minha mãe acha que fui trocada à nascença, Fernando Caeiro, As crianças são muito infantis, Miguel Montenegro, Psicopatos - Entre loucos, quem tem juízo é pato e do autor anónimo que criou A Criada Malcriada.

bd1.jpgTendo como ponto de partida o texto de Pedro Cleto, “Internet: um novo berço da BD”, esta exposição, apenas focada na rede social a partir da qual nasceram os livros dos autores em destaque, pretende espelhar o processo de mediação entre o autor e o público até à publicação de um livro. Indo ao encontro da forte interatividade proporcionada pelas redes sociais, possibilitadora de transformações várias, pretende-se que o visitante interaja no espaço da exposição BD Facebook - a culpa é do like, à semelhança daquilo que faz através do seu computador e, consequentemente, a transforme. Também aqui, o visitante pode comentar e “gostar” da exposição e dos seus conteúdos numa área definida para o efeito.

 

Assim, a visão conceptual assenta na linha de tempo que se inicia no autor e no seu trabalho de campo antes de chegar ao Facebook e termina no livro publicado, com a particularidade de ter a rede social como canal mediador. Neste sentido, há dois pontos essenciais: em primeiro lugar, o autor, o Facebook e o livro, que desvenda o processo criativo do autor, mostra a publicação online na página de Facebook e destaca o livro e, em segundo lugar, o visitante e a BD Digital, um espaço para a criação digital por parte do público através da mesa tátil/digital que será publicada na página de Facebook criada para o efeito - www.facebook.com/BDaculpaedolike.

 

Serão ainda organizadas visitas guiadas e ateliês para famílias e escolas, dedicados a um público-alvo entre os 4 e os 12 anos. Os trabalhos daqui resultantes serão também publicados na página de Facebook da exposição.

A entrada é livre.

 

Bedeteca da Amadora

26 de Novembro 2015 a 31 de Março 2016