Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Festival DDD… Million de Né Barros

Terra. Ocupação. Dentro e fora, migrações. Regressar e refazer.

Estas são algumas palavras-chave que podem caracterizar esta obra coreográfica que inicialmente foi criada para a companhia de dança lituana Aura e que agora é reconstruída com bailarinos portugueses.

b_coliseu_DDD_million_1132x472.png4 million era o titulo original da peça e foi apresentada no contexto da Kaunas Biennial TEXTILE 11, com cenografia da artista plástica Patricija Gilyte.

Numa referência ao problema da taxa de população lituana, a peça funcionava como um poema de intensificação da terra e como movimentos que pudessem evocar milhões de sensações. Para isso, explorei a sensual e volumétrica plasticidade das espumas propostas pela Patricija. Durante a performance aquela terra especial é uma extensão dos bailarinos, faz parte dos seus corpos, é uma extensão deles.

Os bailarinos são artesãos dessa terra ou simplesmente aqueles que andam sobre ela, às vezes eles são fragilidade naquela superfície, outras vezes eles são motores da deslocação dessa superfície (aqui evoquei os ballets neo-concretos de Lygia Pape que tenho tido a oportunidade de reconstruir). Million funciona igualmente como evento performativo e como espectáculo teatral e a sua espacialidade e temporalidade resulta de misto efémero de deslocações, ocupações e transformações territoriais. Estas são as condições para um lugar renovado e para criar simplesmente um lugar.

 

Coliseu (Porto)

28 de Abril 2016 | 19.00h