Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Lisboa Dance Festival 2016… As primeiras confirmações (IV)

Blacksea Não Maya

(5 Março 2016)

BLACKSEA NA¦âO MAYA PHOTO.jpgOs Blacksea Não Maya são um colectivo de 3 DJs e produtores: DJ Kolt, DJ Noronha e DJ Perigoso. O trio tem marcado presença regular nas festas mensais “Noite Príncipe” no Musicbox e editou o seu split EP em vinil de estreia “B.N.M. / P.D.D.G.” em 2013, cujo tem recebido críticas a nível internacional e a eleição para “Album of the Month” na coluna de música de dança da revista online SPIN. O triunfo do grupo tem provado estar sempre pronto a elevar a fasquia da imaginação e frescura do que é possível experienciar numa pista de dança. Lançam em Dezembro de 2015 o seu primeiro e aguardado EP em nome próprio, "Calor no Frioo".

 

Moullinex | Xinobi Dj Set

(5 Março 2016)

moullinex.jpgMoullinex e Xinobi são as duas faces mais visíveis da Discotexas, editora que é um verdadeiro pilar da cena electrónica em Portugal. “Elsewhere” e “1975” são os mais recentes trabalhos desta dupla que tem carreiras individualizadas de projeção internacional, com datas constantes nos quatro cantos do globo.

Vão ambos apresentar novos sets no Lisboa Dance Festival, cada um assumindo a cabine de dj num momento distinto e trazendo as suas particulares visões do groove para a pista de dança que se vai impor no Lx Factory.

 

Niagara (live)

(5 Março 2016)

NIAGARA PHOTO.jpg

Niagara é o projeto dos irmãos Arruda e de Sara Eckerson, trio com uma visão particular e sofisticada do house que tem conhecido projeção internacional. Depois do lançamento de dois discos na editora Príncipe e um na londrina From The Dephts, ficou clara a visão personalizada do trio Niagara para uma música de dança eletrónica cheia de ritmo, balanço e melodia. Desde o homónimo CDR na Dromos em 2010 ou o em edição de autor "506" do ano passado, até à mais recente cassete "Canas" acabada de lançar na britânica Videogamemusic, é volumosa e merecedora de distinção crítica a sua produção em temas atmosféricos e explorações funk que os identifica à distância.

 

Lisboa Dance Festival 2016 – LX Factory

4 e 5 de Março 2016