Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

“Nega Jaci canta Chico & Elis”… o disco de estreia

A cantora brasileira Nega Jaci edita em Portugal o seu primeiro álbum a solo, “Nega Jaci canta Chico & Elis”, em que revisita temas emblemáticos de Elis Regina e Chico Buarque, além de muitos outros clássicos do cancioneiro do Brasil popularizados por Rita Lee, Edu Lobo, Ivan Lins ou Tom Jobim. Um espectáculo com o mesmo nome está também a ser preparado.nega.jpgNascida em Salvador, Bahia, Nega foi convidada na adolescência para integrar o Grupo Cultural Bagunçaço (projecto direccionado às crianças em situação de risco social). O seu talento para a música foi logo percebido e Jaci tornou-se vocalista de duas bandas, Sucata Mania e Percucia. Com esta última gravou o CD “Toque Bahia”, cujo repertório se identifica com as raízes musicais africanas, um misto de ritmos afro-brasileiros e norte-americanos. O trabalho desenvolvido enquanto vocalista das duas bandas proporcionou a Jaci a abertura de grandes concertos, como o da cantora Maria Rita. Teve também a oportunidade de cantar para muitas figuras ilustres como o ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, e a rainha Sílvia da Suécia, num espectáculo produzido no próprio Castelo Real e onde Jaci se destacou pela sua voz particular. O timbre da sua voz e o seu carisma chamou a atenção e o interesse da célebre cantora brasileira Margareth Menezes, que a convidou para integrar a sua banda. Nega passou a acompanhá-la durante alguns anos como membro do coro, o que lhe proporcionou a presença em palcos como o Canecão, no Rio de Janeiro, Festival de Verão de Salvador, Micaretas e trios eléctricos em vários estados brasileiros, bem como a gravação de dois álbuns: “Tete a Tete Margareth” e “Festival de Verão Salvador ao vivo”. Nestes espectáculos, Jaci partilhou o palco com outros grandes nomes da MPB (Música Popular Brasileira) como Ivete Sangalo, Alcione, Cidade Negra, Gabriel O Pensador, Sandra de Sá, Elba Ramalho, Gilberto Gil e Caetano Veloso, entre outros

Numa das digressões pela Europa, Nega Jaci acabou por se apaixonar pela cultura europeia tendo ficando alguns anos em Londres onde se integrou em diversos projectos e atuou em locais como o Ronnie Scott Jazz Club, Primo Bar, Guanabara ou Coya Restaurant London’s. Ao visitar Portugal, ficou encantada com as terras lusas e decidiu ficar por cá durante uns tempos. Como qualquer bom artista, Nega não resiste a fazer umas performances aqui e ali, e foi aí que surgiu um contrato discográfico com o intuito de promover e difundir a cultura musical lusófona. Nega Jaci edita hoje, 12 de Outubro, o seu primeiro trabalho em Portugal revisitando os clássicos da MPB.

 

Tendo já actuado em locais como o Festival In, Fábrica Braço de Prata, Teatro do Bairro, Pensão Amor, Chapitô, Festival Festa da Música Lisboa, Mestre Afonso Batalha, Clube da Sertã, Aljustrel, Grémio Literário de Lisboa, Embaixada do Brasil em Portugal, entre outros, Jaci prepara-se agora para apresentar ao vivo o seu disco “Nega canta Chico & Elis”

 

Alinhamento do álbum:

  1. Partido Alto - Chico Buarque
  2. É com esse que eu vou - Pedro Caetano
  3. Samba e Amor - Chico Buarque
  4. Tragédia no Fundo do Mar (O Assassinato do camarão) - Zeré | Ibrahim
  5. Olhos nos Olhos - Chico Buarque
  6. Águas de Março - Tom Jobim
  7. Arrastão - Edu Lobo | Vinicius de Moraes
  8. O Samba da Minha Terra - Dorival Caymmi
  9. Maracangalha - Dorival Caymmi
  10. Cada Macaco no Seu Galho - Riachão