Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Olavo Bilac… “Músicas do meu mundo”

Dono de uma das vozes mais queridas do grande público, Olavo Bilac tem um vasto currículo, do qual sobressai a banda Santos & Pecadores e o projeto Resistência. Atualmente, apresenta-se num capítulo diferente da sua carreira, com o novo álbum, “Músicas do Meu Mundo”, no qual faz uma incursão a Cabo Verde, Angola, Brasil e Portugal, levando ao palco os ritmos do samba, morna, semba e fado.

Olavo_Bilac__alta_resolu__o__1_770_9999.jpgOlavo Bilac tem um vasto currículo, do qual se destaca a liderança da banda Santos & Pecadores, encontrando-se ainda ligado a outros projetos, como Resistência. Este seu novo percurso foi apresentado em Lisboa, num concerto que serviu de rampa de lançamento para este novo álbum, “Músicas do Meu Mundo”. É o próprio Olavo que aponta as coordenadas desta viagem: “Cabo Verde, Angola, Brasil, Portugal - o Atlântico e a Lusofonia são ideias, sons, rotas que eu quis explorar”. Este caminho passa por um standard como “Trem das Onze”, que toda a gente cantou, de Gal Costa aos Duo Ouro Negro, e que Olavo agora quer revisita, bem como criações de gente tão estimadas quanto Dorival Caymmi, Rui Veloso ou Paulo Gonzo.

Olavo Bilac diz ainda que “o plano foi poder misturar tudo, trazer alguma mestiçagem para a música, pegar num tema como "O meu primeiro beijo", de Rui Veloso, e dar-lhe um tom de morna. A verdade é que me deu um enorme gozo explorar esta nova linguagem musical. Sinto isto como um passo natural”, sublinha o cantor.

Em palco, o samba e a bossa, a morna e o samba, o fado e a balada serão cruzados e reinventados por músicos experientes, com balanço e rigor. E por cima, uma voz rouca e singular, que o público aprendeu a aplaudir há muito, reconhecendo-lhe uma alma única e plena de força. Este também é o mundo de Olavo Bilac: é por aí que ele nos guia, com canções, cores, aromas, muito Atlântico e paixão.

 

CC Gafanha da Nazaré (Ílhavo)

15 de Janeiro 2015 | 22.00h