Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

Peach Kelli Pop + Tomba Lobos + Gentle Records vs Cubo DJs... no Café au Lait

Peach Kelli Pop foi criada em 2009 quando Allie Hanlon, baterista na banda White Wires, começou a escrever e a gravar as suas próprias canções no seu quarto, em Ottawa. Com refrões agudos que ficam no ouvido, a sua música é tão inspirada por vídeo-jogos e pelas Navegantes da Lua, como por sentimentos mais pesados, naturais inseguranças e problemas em torno de paixões, relações e romances.

Actualmente a morar em Los Angeles, Allie conta já com três discos editados pela Burger Records e tours em banda pelos Estados Unidos, Japão e Europa. Estreia-se agora em Portugal com o seu último disco, “III”, produzido por Joel Jereme (produtor de nomes como La Sera, Cherry Glazerr, Mystic Braves ou Froth).

Sobre “III”, a Paste Magazine conclui: "In under twenty minutes, Peach Kelli Pop shifts from violent bubblegum pop to Shangri-Las style melodrama, yet Hanlon & Co. do so with such agility that you’d hardly notice the transition."

000.jpgTomba Lobos é o pseudónimo de José Cardoso, artista que tem vindo a construir uma das carreiras mais interessantes em Portugal não só nos campos da ilustração e design, mas também no campo da música. Juntamente com Leonel Sousa, é um dos fundadores da Gentle-Records, editora que obviamente acolhe o seu primeiro longa duração, “Adeus”. O primeiro álbum a solo de José Cardoso, vai beber à pop, tão solarenga quanto melancólica do seu primeiro single “Júlio Verne” assim como às texturas de “Fanny EP”.

Nunca abandonando o aconchego ronfônho do LO-FI, por vezes encontramos canções completamente despidas, somente à guitarra e voz em falsete, embebidas em reverbs e ecos, por vezes encontramo-las frenéticas, guiadas por percussões sintetizadas, cheias de fuzz e distorção, outras vezes nem umas nem outras, encontramos belos exemplos de Pop Assombrado.

João Sarnadas

 

Café au Lait (Porto)

7 de Outubro 2015 | 22.00h