Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

SALA 117 inaugura exposição colectiva “Do Abstracto ao Figurativo”

A diversidade artística pode complementar-se harmoniosamente no mesmo espaço?

Pode, e é isso que a galeria SALA 117, no Porto, vai mostrar a partir de 11 de fevereiro, com “Do Abstracto ao Figurativo”, uma exposição que reúne alguns dos trabalhos mais recentes dos artistas José de Guimarães, Gabriel Garcia e Francisco Venâncio.

Sem Título 2

Juntar no mesmo espaço nomes de distintas áreas e técnicas é mais um exemplo da prossecução do conceito da SALA 117, de ter entre o seu portefólio de artistas nomes com prestígio inquestionável e carreira cimentada, lado-a-lado com talentos emergentes, a quem dá «palco» para poderem crescer.

 

José de Guimarães quase dispensa apresentações. É um dos baluartes artísticos da arte contemporânea, com os seus trabalhos a mostrarem sempre movimento, dando a ideia de que tudo é evolutivo. Gabriel Garcia expressa nas suas obras uma interpretação muito própria das suas memórias e raízes. Procura no passado o momento e projecta-o, imortaliza-o. É este o sentido que o leva a pintar a mancha e as sombras, registando acontecimentos temporais de estranhos e que se distanciaram dele. Francisco Venâncio é um jovem valor que desenvolve o seu trabalho essencialmente no desenho e na pintura. Os seus trabalhos estão em construção permanente, num processo contínuo de ensaio e experimentação. O final de uma obra dita o início de uma outra, num exercício incessante.

Assim, e depois de Armanda Passos, com “Sobre Papel”, que marcou o regresso da pintora a exposições individuais em galeria, e de uma exposição com parte do acervo da galeria SALA 117, chega a 11 de fevereiro, e prolonga-se até 11 de março, a mostra “Do Abstracto ao Figurativo”.

 

SALA 117 / Rua Damião de Góis (Porto)

11 de Fevereiro a 11 de Março (segunda a sábado 15h00 as 19h00)