Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Glam Magazine

Glam Magazine

[zerodB] com Marçal dos Campos + Haarvöl + Susana Chiocca

Marçal dos Campos é um alter ego do artista plástico João Marçal, sob o qual desenvolve um projeto de música eletrónica desde 2005.Nas palavras do próprio músico, Marçal dos Campos é um projeto a solo dedicado à “representação de música”. Termos como “Cathartic Easylistening”, “Sentimental Voiceless Karaoke” ou “Melancholic MIDI”, são tentativas do próprio autor encontrar uma denominação capaz de enquadrar a sua abordagem sonora. O seu processo de trabalho consiste na “materialização” simples de um constante trautear mental, através de software de produção musical relativamente acessível. MdC prepara há cerca de dois anos um novo álbum de originais, ainda sem data prevista para o lançamento. Vários temas do novo disco poderão ser ouvidos em primeira mão neste concerto.

Marçal dos Campos 05.jpgHaarvöl (Fernando José Pereira, João Faria, Paulo Rodrigues eletrónica) é um projeto colectivo baseado em Portugal e atuante na área da música experimental. Existe desde finais de 2012 e conta com três membros permanentes. A sua música é conceptualmente desenvolvida na exploração das propriedades dos sons no sentido de conseguir ambientes com um cariz cinemático e imagético. Os sons não se restringem às suas origens mediais,

sendo utilizadas e misturadas tanto fontes digitais como analógicas.“Hebetude” é o primeiro álbum do projeto e foi composto no segundo semestre de 2013. Explora as características compositivas em torno da ideia de música cinemática, em que a atenção ao detalhe e a complexidade sonora se afirmam como preceito identitário do colectivo.

 

Bitcho, de Susana Chiocca (Susana Chiocca voz e interpretação), é uma figura ambígua, meio ancestral com um híbrido folk. Mantendo uma relação

orgânica com o que a rodeia, transforma-se a cada apresentação, para em conformidade com o público construir rituais libertários com humor e ironia. Questiona-se sobre o mundo, o momento, a poesia, o sistema, a sexualidade. Desenvolvido a partir de uma estrutura sonora, visual e textual, apresenta-se como um número entre o cabaret e a patafísica.

 

Salão Brazil (Coimbra)

20 de Novembro 2015 | 22.00h